quinta-feira, 9 de julho de 2015

DOS PREGUIÇOSOS EUROPEUS DO SUL

Estes dados apenas mostram a acontinuidade do têm sido os últimos anos. É claro que também seria interessante comparar os dados actuais dos níveis salarias em função das horas de trabalho. Sim eu sei que tempo de trabalho não tem relação directa com produtividade mas como indicador é pertinente.
Dá tanto jeito vender a ideia de que os preguiçosos do Sul não trabalham e por isso merecem a pobreza. Temos assistido a uma despudorada e intencional manipulação de dados para intoxicar as opiniões públicas de muitos países incuindo por cá. 
A estatística é uma chatice, dá cabo dos preconceitos.
Ou não.

Sem comentários: