segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

DO TRUMPISMO

Talvez tenha existido e eu desconheça mas creio que tarda uma posição formal do Secretário-geral da ONU, António Guterres, sobre as medidas de Trump relativamente a imigrantes e refugiados.
Está incubar o ovo da serpente.
Quando eclodir pode ser sério, muito sério.

PS – Bom, lê-se no DN que António Guterres já se pronunciou sobre a questão. É verdade que faz no seu jeito fofinho, com muito cuidado e sem grande músculo para não fazer ondas. A tradição ainda é o que era e o respeitinho é muito bonito. 

É curto, muito curto.

2 comentários:

não sei quem sou... disse...

O primata bípede Trump utiliza a táctica do fazer barulho gutural e bater no peito para amedrontar quem ele considera inimigos da tribo. Apenas fumo sem fogo e paulatinamente a paz vai voltar à gruta.

É essa a minha convicção!


VIVA!

Rui Jorge disse...

Enquanto Trump grunhe na caverna dos USA, as tribos que gostam de sangrar lentamente os seres humanos indignam-se com tamanha falta de modos civilizados. Onde já se viu arrotar antes de devorar os "colaboradores"? Os bons modos, os bons modos, onde estão eles? Queremos continuar a bombardear os ateus, os terroristas e os malvados que não aceitam o nosso modo de vida! Queremos melhorar a qualidade de vida dos pobres orientais e dos atrasados muçulmanos! Queremos fazê-lo à sombra do mercado global, esse novo deus que nos ilumina e dá sentido à escravidão, perdão, à vida do semiocapitalismo. Deixem-nos trabalhar no esvaziamento pacifico da moral, na lobotomização progressista da humanidade. Só cá faltava este deficiente Trump para sabotar a globalização zombie.