sábado, 9 de dezembro de 2017

DO CHEGAR E DO PARTIR

Chegar e partir são circunstâncias que por vezes trazem dor. A dor tem circunstâncias que a diferencia no que sentimos.
Quando eu cheguei, há muitos anos lá para trás no tempo, ela doeu-se. De alegria.
Quando ela partiu, hoje, eu doo-me. De tristeza.
Até um dia.

9 comentários:

Maria José Camacho disse...


Um abraço!

Júlia Catarino disse...

Beijinho, professor José. ❤️

Zé Morgado disse...

Obrigado pelo vosso cuidado

Carlos LOPes disse...

Coragem e forte ABRAÇO, AMIGO.
Carlos & Ana Lopes

Zé Morgado disse...

Olá Carlos e Ana, obrigado

Teresa Figueiredo disse...

Muita força ! Um abraço . Não há palavras nestes momentos de dor 😞

pedro disse...

Forte abraço e as minhas condolências, Professor.

Zé Morgado disse...

Obrigado

Anónimo disse...

Um abraço de amizade....força Professor