quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

SOS

Hoje não saio desta temática, a inclusão.
No âmbito das “Comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência”, dia 3 de Dezembro, recebi um gentil convite para participar numa VII Gala da Inclusão.
A minha resposta de há minutos foi, “Agradeço o convite mas não me imagino a participar numa Gala da Inclusão”.
A minha questão é que não sei bem explicar porquê e gosto de, tanto quanto possível pois não é tarefa fácil, ter ideias claras.
Podem-me ajudar-me a perceber(me) porque respondi assim?
Estarei a não ser capaz de compreender algo que devia? 
Foi deselegante, inadequada ou pouco inclusiva?
Obrigado.

3 comentários:

Dulce Rosa disse...

Resposta adequada, inclusivamente para quem não queira perceber.... talvez deselegante, mas na óptica do receptor.
A moda das Galas é um propósito Exclusivo para o show.

não sei quem sou... disse...

Não me preocupo com os "propósitos EXCLUSIVOS". O show também contribui para dar visibilidade a um problema transversal na sociedade portuguesa e que a muitos portugueses passa ao lado.

Por outro lado fico admirado que alguém que tanto fala de inclusão se exclua da parte positiva do dito show.


VIVA!

Zé Morgado disse...

Não me admiro com a sua admiração, até me ajuda perceber a minha resposta.