quarta-feira, 3 de setembro de 2014

DO CONTRA O CONSTRUTIVISMO E O EDUQUÊS AO DESTRUTIVISMO E AO POLITIQUÊS

"Uma avaliação destruidora"

Um texto interessante do Professor Carlos Fiolhais sobre o processo insustentável da avaliação do sistema científico nacional.
Registo as posições que têm vindo a ser tomadas sobre esta matéria pelo Professor Carlos Fiolhais mas recordo que antes do destrutivismo Crático se ter abatido sobre o ensino superior  e investigação o Professor Nuno Crato vivia em estado de graça, também aos olhos do Professor Carlos Fiolhais que nele depositava simpatia e expectativas elevadas como referiu num texto também no Público.
De facto, muita gente não antecipava que o encantatório discurso de Nuno Crato sobre os efeitos malignos do construtivismo e do eduquês continham, na verdade, uma visão destrutivista do sistema público de educação, ensino e investigação e uma espantosa capacidade de se converter às manhas do politiquês.
Os ventos da história são, quase sempre, assim, reveladores.

3 comentários:

Anónimo disse...

Desde o momento em que o Sr. Ministro Nuno Crato, inaugurou as novas intalações da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, do Instituto Politécnico de Santarém, que ministra doutoramentos, estava tudo dito...
Diz o povo, que "o maior cego é o que não quer ver..."
Parece-me ser o caso, até porque para este Governo não bastava que o ensino superior politécnico público ministrasse licenciaturas, mestrados e doutoramentos. E criou mais uns cursos, de ainda mais curta duração que os já existentes... para o ensino superior politécnico ministrar. Enfim, a cereja em cima do bolo. Universidades para quê ? Se o PSD tem a sua Universidade de Verão, essa sim que garante emprego aos Jotas, nomeadamente aos que se distingem nas praxes académicas...
PS: Algém sabe a filiação partidária do menino que no Meco sobreviveu aos colegas na morte ?

Anónimo disse...

Desde pelo menos o dia 24 de Maio de 2013, dia em que o Sr Ministro da Educaçao, Prof. Nuno Crato, inaugurou as novas instalações da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, com um custo anunciado de cerca 13,5 milhões de euros!

http://www.youtube.com/watch?v=_epZTM5R1Io

http://www.oribatejo.pt/15-anos-depois-a-escola-de-desporto-de-rio-maior-chegou-a-casa-videos/
Quando, esse custoem 23 de Março de 2011, já ascendia a 18 milhões de euros…

http://videos.sapo.ao/Z8RBcTU8gvd36nQeTpMf

http://semanal.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=587&id=75308&idSeccao=8151&Action=noticia

Só quem não quiz, não viu ao que o Sr Ministro vinha...

Agora, parece-me tarde para lamentos...

Quiçá a emigração seja uma solução.

Porquanto, da Universidade trata agora o PSD, nas suas Universidades de Verão, onde até pontificou um bem sucedido Jota, refiro-me ao Sr. Dr. Miguel Relvas, cujo curriculo académico é agora bem conhecido dos portugueses, embora até ao presente não se conheça decisão sobre a validade da sua licenciatura que quiçá seja a mesma dos doutoramentos minstrados pela E.S. de Desporto de Rio Maior...

Anónimo disse...

Para Leitor mais distraído que não saiba dos doutoramentos do ensino superior politécnico público, aqui deixo um exemplo.
Desta feita, o Doutoramento em Ciências do Desporto que a Escola Superior de Desporto de Rio Maior, do Instituto Politécnico de Santarém, ministra em parceria com a Universidade da Madeira.

http://www.oribatejo.pt/esdrm-com-doutoramento-em-ciencias-do-desporto/

http://www.esdrm.pt/Ensino/Doutoramento/CD/Index.html