terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

NÃO PERTURBEM AS ACTIVIDADES LECTIVAS

"O ministro da Educação Nuno Crato explicou hoje que decidiram agendar a segunda fase da prova de avaliação de professores para as férias da Páscoa de forma a “não perturbar as actividades lectivas”."
Confesso que fiquei sensibilizado com a explicação de Nuno Crato para a marcação da parte específica da sinistra Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades para os candidatos à carreira de professores. Diz o Senhor Ministro, presumo que com um ar sério, que a prova decorre nas férias da Páscoa para não perturbar as actividades lectivas.
No entanto, acho curiosa a afirmação vinda de quem é o grande responsável pela ... perturbação das actividades lectivas.
Alunos sem professores durante meses, escolas sem funcionários, falta de recursos e apoios, exames a meio do período, etc.
Talvez a marcação da Prova para as férias não seja alheia a uma tentativa de minimizar iniciativas de constestação mais dificilmente mobilizadoras em tempo de férias.
Um Cra...que na manhosice.

4 comentários:

Til disse...

Esse ´senhor´ nunca se preocupou com o estado do ensino em Portugal,quanto mais com as actividades lectivas!É um impostor*

Zé Morgado disse...

Trata-se de uma missão que está a ser executada relativamente à escola e educação públicas.

Anónimo disse...

O Instituto Politécnico do Porto, apesar de impedido, também ministra Doutoramentos...

Vejam,

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/politecnico-do-porto-quer-ter-estatuto-de-universidade-1687265

Anónimo disse...

http://www.ionline.pt/artigos/portugal/instituto-politecnico-porto-quer-ter-estatuto-universidade